Venho hoje falar sobre este pedaço de papel feioso que alguns mestres usam para ficar escondendo jogadas dos jogadores.

Se você joga RPG, provavelmente já viu um narrador usar este peculiar artefato para auxiliar em sua mesa de jogo. Ele é usado principalmente para permitir que o mestre possa realizar jogadas sem que os jogares possam ver o resultado, e também como uma ferramenta de consulta rápida, com detalhes e tabelas do sistema, para fácil acesso.

 

Levantarei aqui algumas razões do porque você não deve, JAMAIS, usar o escudo do mestre.

Mas quem diabos inventou isso?! Só podem ter sido aqueles elfos afrescalhados….

Esconder testes

Eu poderia te dar centenas, milhares de razões, para você não esconder os testes de seus jogadores. Primeiramente, te digo o motivo mais simples; você não precisa.

O mestre é nada mais nada menos que o Deus de sua campanha, ele faz o que quiser e como quiser. Por que alguém com tal poder precisaria roubar? A verdade é que se o mestre quiser que algo aconteça, ela simplesmente acontecerá, e ele não precisará de testes para isso.  Se o jogador acha que o mestre é obrigado a realizar um teste para determinar como acontece cada coisa, ele não entendeu muito bem como é narrar uma aventura.

Ahh se um jogador me manda rolar!
Vai conhecer o Grande Bugaboo Vorpal!

 

Ok. Pode parecer um pouco autoritário dizer que o mestre pode simplesmente fazer tudo do jeito que quiser, mas na verdade, quando ele não esconde suas rolagens, o que acontece é o oposto: o mestre ganha a confiança dos jogadores. Eles saberão que o mestre faz questão de mostrar seus resultados, e nem mesmo se importa que os jogares fiquem calculando os modificadores dos PDMs, o que acredite, vai acontecer. Mas isso não importa. Na verdade, isso deixa o jogo muito mais interessante e emocionante.

Uma vez certos disso, os jogares não vão se importar quando o mestre determinar o curso de uma cena ou ação, pois sabem que aquela situação é fundamental para o decorrer de sua história.

Vale lembrar que muitos defensores do uso do escudo alegam que ele é útil para que o mestre possa roubar nos testes, a favor dos jogadores. Mas veja bem: Se você é mestre, e acabou desferindo aquele poderoso crítico contra um jogador, mas opta por poupá-lo, que ganho você terá em fazer toda essa operação escondido? Ficar pensando em casa que salvou seus jogadores?!

A experiência do RPG é uma experiência em grupo. Deixar o grupo viver essa experiência e participar ao máximo é melhor que você pode fazer por sua mesa, Bugaboo garante. No exemplo acima, tenho certeza que ao rolar o dado, e obter o crítico, os jogadores irão gelar. Quando você determinar que o ataque que deveria ter matado o personagem alvo não o matou, os jogadores irão saber que você poupou o personagem, e TODOS vão pra casa pensando no que aconteceu.

20 no ataque? Eu matava mesmo! Hahahahaha.
Ressuscitava e matava de novo! Buahahahaha.

Jogar dados é parte fundamental da diversão do RPG. Quando o mestre joga na sua frente, é muito mais divertido. Os jogadores torcem contra o mestre. Comemoram a cada falha e sofrem a cada acerto.

Mas existem também os chamados “Testes Secretos”. Testes que teoricamente o mestre deveria fazer sem o conhecimento dos jogadores. Como exemplo, posso dizer que muitos sistemas usam testes de percepção desta maneira. O mestre testa a percepção do personagem escondido, e revela o que ele percebeu caso ele seja bem-sucedido. Se o personagem falha, já que não percebeu nada, o mestre simplesmente não falada nada.

Arghhh. Você deve estar brincando! Pelas pulgas do Tarrask.

Se ninguém vê o resultado não faz diferença alguma! Isso é pior que jogar RPG sozinho!

Este é exatamente o tipo de situação que você deve evitar. Até parece fazer sentido, e em muitos sistemas, está na regra o que mestre deve fazer os testes assim. Mas saia por um minuto do absolutismo dessas regras e procure enxergar de uma nova perspectiva.

Pespect  que ?!
Isso tá muito refinado pro Bugaboo!

No caso deste exemplo, eu não aconselho nem ao menos fazer o teste aberto; o jogador que deve fazer o teste. Sim, exatamente assim: “Teste sua percepção”.

Se ele passar, percebeu o que tinha para perceber. Se falhar, sim, ele saberá que não notou algo. O JOGADOR saberá. E todos só tem a ganhar com este fato. Isso o fará pensar. O deixará mais imerso na aventura. “O que tinha para perceber?”. Mesmo que ele tente forçar a barra dentro de jogo e realizar ações para tentar voltar e achar aquilo que perdeu, a aventura só teve a ganhar. Mais participação, mais entusiasmo.

Tenha sempre em mente: Quanto mais os jogadores participarem e souberem daquilo que ronda a aventura, mais eles se sentirão fazendo parte dela, e até mesmo prestigiados.

Já vi alguns mestres dizerem que fizeram testes em casa antes da seção de jogo para determinar como algumas coisas iam acontecer. Não faça isso. Simplesmente, não….

Atalhos

É incontestável que o escudo do mestre é útil para ajudar o mestre com tabelas rápidas, variantes de regras e simulares. Mas também é óbvio que você não precisa de um papel enorme na sua frente para isso. Você pode usar tabelas impressas e anotações em caderno para tal, ou até mesmo um notebook onde fica fácil abrir vários textos e gerenciar tudo de uma vez só.

É desnecessário me estender sobre isso. Se você acha que o escudo no alto é melhor para visualizar essas informações, coloque-o do seu lado.

Se eu te ver usando isso, vai parar no teto….

Segregação

O escudo do mestre é mais do que uma barreira física entre mestre e jogadores. Ele é uma barreira moral.

O escudo torna o mestre distante de seus jogadores. O rei afastado de seu povo.

Já presenciei mesas onde o mestre estava tão a parte de seu grupo que parecia fazer parte de outro contexto. E dando uma rápida busca na internet, é fácil achar imagens que demonstram isso. Não é preciso dizer o quanto é ruim para um jogo participativo como o RPG. Mas posso te dizer que talvez essa seja a causa daquele assunto paralelo durante a seção ou aquele jogador que está mais interessado no próprio celular.

Considerações Finais

Se você está acostumado a usar o escudo do mestre, derrube esta barreira e veja o impacto que isso trará a suas aventuras. Tendo mais confiança de seus jogadores, que automaticamente respeitarão mais sua autoridade em jogo. Trazendo mais emoção e adrenalina com jogadores participando de todas as rolagens. Próximo as pessoas que compõem sua mesa, melhorando o entrosamento entre criador e criatura, mestre e jogador.

Filosofando?!
Você está indo longe demais. Nem Kobolds vão te respeitar depois dessa….

Desconsiderações Finais

Ouviu né zé-regrinha?

Quer ser um bom mestre pega esse escudo do mestre e enfia na ….Bolsa do Infinito, ou dá para aquele seu amigo bárbaro colorir.

 

Bugaboo