Nosso ilustre camarada, Dennys Diego, membro ativo da comunidade de ICONS no facebook, nos trás mais outro personagem de sua campanha familiar. Desta vez veremos o que a filha dele aprontou!

Fala galera!

Hoje darei continuidade a série de posts que iniciei com “O SAGAZ SPIDER BLACK“, personagem do meu filho Giovanni para ICONS. Conforme combinado, hoje é a vez da jovem Ana, que divide seu tempo entre a venda de jornais em uma banca e a tarefa super heroica de defender os fracos e oprimidos como “A INCALCULÁVEL DIVISÃO!”.

Diferente do meu moleque, a minha filha decidiu se arriscar com os dados pra ver o que acontecia. Você já deve conhecer o sistema aleatório de criação de personagens deste jogo né!?

Ela não pensou em poderes ou sequer no conceito que a personagem seguiria… tudo seria completamente casual. Dessa forma, a composição da ficha se dá desde o início conforme vemos no livro.

Assim surge Divisão!

A Brenda rolou 2D6 para a origem de seus poderes, e conseguiu um “7” (assim como o irmão havia feito) e descobrimos então que seus poderes viriam de berço. Com isso, poderia escolher um poder específico além dos que fosse obter aleatóriamente ou pegar um bônus de +2 em algum dos que já tivesse.

As habilidades básicas de Divisão

Aqui ela conseguiu os seguintes valores:

PROEZA: 5
COORDENAÇÃO: 8
VIGOR: 7
INTELECTO: 7
ATENÇÃO: 5
VONTADE: 4

ENERGIA (VIGOR + VONTADE) = 11

Note que ela obteve 3 valores considerados super heróicos!  Na ficha anterior, não me ative ao limite de uma habilidade acima de 7 para personagens feitos com 45 pontos, e tive que corrigir isso posteriormente. O grande lance neste caso, é que rolando aleatoriamente a limitação sequer existe!

Se você quer jogar com aquele personagem absurdo e cheio de capacidades épicas, comece a fazer suas fichas aleatoriamente!

Possuir valores de 7 ou mais na ficha,não só é bom pelo bônus óbvio nas rolagens, como te confere acesso as chamadas FAÇANHAS, sobre as quais vamos falar detalhadamente em uma postagem futura, mas que já adianto, dão acesso a uma vasta gama de efeitos espetaculares e diversos.

A Brenda não poderia estar mais feliz nesse primeiro momento… e seu irmão não poderia estar mais triste, ao perceber a superioridade da personagem de sua irmã dois anos mais nova.

Os poderes de Divisão

Na hora de rolar os poderes e com uma mão já mais modesta, somente lhe foi possível obter 2 destes em sua rolagem. Ela ficou meio triste, mas expliquei que na verdade ela já possui 3 antes mesmo destes 2 recém obtidos. Expliquei que a personagem era rápida o suficiente para correr a 380 km/h (uma tabela de referência para Coordenação que criei pois a do livro é voltada para quem possui Super-Velocidade), erguer um tanque de guerra e executar feitos incriveis com sua mente genial.

Ela se animou novamente!

O primeiro poder foi “Telepatia”, e ela ficou radiante com essa capacidade. O segundo foi “Refletir”, e tive de explicar que ela era capaz de repelir e devolver quaisquer ataques feitos contra ela devolvendo-o ao seu agressor. Lembrei a ela que devido a origem “Nascida”, ela poderia escolher um poder extra ou poderia aumentar em 2 o valor de algum poder que já possuísse (máximo de 10). Ela pensou um pouco, e disse que queria ser capaz de criar cópias dela mesma, pois isso seria demais!

Pedi que rolasse para o valor de cada poder e ficou assim:

  • Telepatia: 6 (Pág 109)
  • Refletir: 6 (Pág 105)
  • Duplicação: 7 (Pág 96)

Ela poderia ter trocado algum dos poderes por extras, ou mesmo ter escolhido algum limite para ir além na customização da personagem, mas a verdade é que (assim como com o Spider Black do irmão), já era suficiente para ela a maneira como tudo se desenrolou.

Ela imaginou que a personagem conseguiria criar duplicatas tridimensionais dela mesma e que um escudo de energia azulado a protegeria, refletindo os ataques dos inimigos. Poderia também ler mentes e seus olhos brilhariam em um intenso azul energético quando usasse seus poderes!

O potencial de ICONS está na criatividade

É importante salientar, que diferente do método dos 45 pontos para montar a ficha de personagem, com o método aleatório o poder do “lúdico” fica muito mais evidente.  Na abordagem com pontos é natural pensar em otimização de personagem, o que foge um pouco do que diferencia ICONS do outros jogos de super heróis.

Rolando aleatoriamente, você joga as preocupações para o alto e se permite descobrir o que vai acontecer em seguida!

É mais divertido, versátil e sem dúvida te leva a caminhos que a criação por pontos jamais te permitiria ir em busca de uma Build perfeita. Recomendo fortemente tentar jogar dessa maneira ao menos uma vez pra ver no que dá.

Voltando a personagem, faltava pouco para terminar a ficha e minha filha já tentava dar um nome a sua criação.

Especializações

Assim como Spider Black antes dela, aproveitei o fato da personagem ser muito jovem e decidi pular essa parte. Acho que com o tempo vai ser legal destacar o aprendizado e a experiência utilizando as “Especializações” como fator de desenvolvimento.

Pedi que ela criasse um bordão, ou alguma palavra que descrevesse a personagem, para que já tivéssemos alguma ideia de como ela invocaria o uso das vantagens. Seriam suas primeiras condições. A Brenda pensou rápido aqui e já mandou logo: “Luto contra os vilões para fazer o bem” e também “Vou salvar meu planeta!”. Ela não tinha mais idéias, e deixei que a terceira condição fosse preenchida posteriormente em jogo.

O nome

Finalmente, após quase decidirmos por “Tropa” como a opção mais adequada para nomear a personagem, a simplicidade nos trouxe mais uma possibilidade. O ano foi de muitas continhas novas na escola, e a de “Dividir” foi exatamente aquela na qual a Brenda mais se empenhou e dedicou ao longo dos meses.

Eu também queria algo que desse a ideia de quantidade devido ao poder de duplicação. Me lembrei das patentes de um general de exército, que vão desde o “General de Brigada” até o de “Divisão”. Com isso não haviam mais dúvidas… e assim nasceu “A INCALCULÁVEL DIVISÃO!”

Que quando não está “lutando contra o mal”, é tratada pelos mais próximos como a jovem Ana, a pequena jornaleira.

Design e Ficha de personagem

Segue abaixo a ficha para quem quiser usar a Divisão em suas mesas.

Como meu filho ainda fez questão de desenhar os personagens, então segue a obra de arte e a ficha!

DOWNLOAD: GdM-PH02-DIVISAO.pdf (152 downloads)

Arte original da Divisão – Autor: Gio, o filho do Dennys.

 

divisao.2

Ficha da Divisão (Clique na imagem da ficha pra baixar o PDF)

Próximos capítulos

Ainda pretendo trazer mais um personagem antes do especial de natal que estou elaborando e também um vilão bem malvadão! (tente imaginar isso na voz do “Billy” de Billy & Mandy)

Ah! O próximo vai ter especializações! Eu prometo!!!

Quero deixar meu agradecimento ao PEP que está mandando muito com as ilustrações dos heróis desse novo universo (Tu é o cara véi!), e a todos que tiram um tempo para vir prestigiar a Guilda dos Mestres.

Abraços!

Dennys Diego