Uma missão importante, uma floresta surreal… e um culto a antiga tecnologia!

Fala galera!

Hoje trago um uma aventura gerada aleatoriamente, utilizando tabelas que você pode encontrar aqui.

Gostei do resultado (apesar do rumo psicotrópico que a rolagem tomou!), e como fui me animando acabei ligando os pontos a medida que novos fatores eram adicionados a trama. O resultado você pode conferir aí embaixo.

Aventura: Em Busca de Purificação

Ambiente: Florestal

Cores: Roxo e rosa

Temperatura & Clima: Ameno e Tempestuoso

Ecossistema: Drones (1DV)

Locações:
-Favela de Robôs (Drones)
-Fazenda Mecânica (x-bolt steelfang)
-Templo das máquinas

Fenômeno Recorrente: Vácuo

Objetivo: Sobreviver a produto quimico (recuperar equipamento para purificar nascente)

Coadjuvante: Vunk (Fazendeira/Mecânica) 2DV’s – Pode convocar 1D4 aniborg’s (1DV) uma vez por dia.

Complicação: Cultistas da Velha Tecnologia
1DV – 1D4 (Bastão ou Pistola + Máscara respiradora)

Recompensa: 80 de chumbo
Obs: cada 10/chumbo equivalem a 1 para questões de carga.

Prelúdio: O Líder humano do assentamento de “Tearscold”,  contrata os personagens para encontrar e trazer um filtro purificador importante para límpar a nascente local. O maquinário se encontra em uma floresta exótica a menos de 1 dia a pé rumo ao sul. Um dos membros do assentamento esteve perdido na floresta e garante a existência do equipamento. O líder paga bem pelo serviço.

O “bosque dos sonhadores” se parece com algo saído de uma viagem com Speed (droga). O local foi adotado pelo Culto as Máquinas como seu santuário (3d6/1d6 em patrulha)

Aqui eles fabricam seu “vita-caldo” (feito através da trituração da carne e ossos de suas vítimas), cuidam dos arredores e tentam manter as coisas como estão. Eles podem oferecer um teto e um manto, para aqueles que demonstrarem aptidão para a vida ecumênica a que eles se dedicam. Gostam de pregar a salvação através do uso das velha tecnologia. Sempre que capturam um grupo, oferecem a chance de sobrevivência a 1 dos membros para que esse possa ganhar a vida trazendo novas vítimas para o culto (assim como fez com o sobrevivente de Tearscold). Para provar a devoção ao seu novo desígnio, o novo membro também deverá sacrificar uma parte do corpo, implantando em seu lugar uma parte (normalmente não funcional) de alguma máquina ou peça mecânica. Braços robóticos, ganchos e serras elétricas são vistos com bastante frequência (O líder do culto possui um velho relógio de bolso no lugar do olho esquerdo). O processo costuma levar a morte em poucos dias, normalmente devido a infecção.

Poderes da floresta: A floresta possui mecanismos de defesa bastante eficientes contra seres vivos. Ela é capaz de gerar áreas de vácuo localizado e tb convocar raios que descem do céu eternamente tempestuoso. A floresta pode ainda convocar seu guardião máximo (X-Bolt Steelfang) que fica em uma cova profunda no centro da fazenda mecânica. Qualquer um que ataque seus Drones poderá ser vítima de sua ira.
Mecânica: A paciência da floresta possui D4 como dado de uso. Quando este for exaurido após a floresta (ou seus Drones) terem sido molestados, rola-se na tabela para saber qual medida será tomada.

DEFESAS DA FLORESTA

1- Área de vácuo
A floresta literalmente suga todo o ar ao de dentro da área, fazendo com que personagens que falhem em um teste de físicos desmaiem. A duração é 1d6 como dado de uso. Correr da área por 3 turnos pode tirar o personagem dos limites do evento.

2- Relâmpago
Causa 3d6 de dano em toda a área afetada. Personagens podem rolar destreza para receber metade do dano.

3- X-Bolt Steelfang (predador mecanico de aparência felina)
3DVs – D8
Uma das maravilhas da antiga tecnologia pré-apocalíptica!
Alcança “Longe” com apenas 1 movimento. Costuma atacar um oponente corpo a corpo enquanto atira com seu canhão de energia (D6) em outro oponente aleatório.