Nós vimos como está ficando o guia dos monstros pós Conjunção das Esferas!

Olá, bruxeiros e feiticeiras!!

Durante minha ida à CCXP 2018, tive a oportunidade de ir à casa do querido amigo Lobo Loss, autor da adaptação do Mundo de The Witcher para Old Dragon (pode ser encontrada aqui, assim como o meu review aqui), baseada nas obras do autor Andrzej Spakowski.

Lá tive a oportunidade de dar uma olhadinha no progresso do Bestiário pro Mundo de The Witcher pra Old Dragon que ele está produzindo para o mesmo mundo e o que vi tá de encher os olhos!

A produção está em andamento, a maior parte dos monstros está pronta, alguns feitos em parceria com o Marquês dos Monstros, Júnior Brizola. Como sempre, as ilustrações estão sensacionais e a direção que a linda Cah Sanchez está dando também está ótima.

 

Foto que eu fiz do computador do Lobo

Mas vamos a alguns detalhes…

O diferencial

O Lobo Loss teve uma sacada genial para esse livro. Para colaborar que as mesas se pareçam com a ambientação dos livros e jogos do famoso bruxo Geralt, as informações sobre os monstros serão divididas entre Conhecimento Comum e Conhecimento de Especialistas, separando aquilo o que o povo sabe através de lendas e folclores e a sabedoria específica restrita aos bruxos caçadores das criaturas que surgiram após a Conjunção das Esferas. Essa distinção colabora pra diferenciar em jogo e interpretação as vantagens que os personagens da classe bruxos têm sobre conhecer pontos fracos e fortes, além de outras características, sobre monstros.

Vai demorar…

Ainda falta bastante, o Bestiário de O Mundo de The Witcher para Old Dragon está com cerca de 20 páginas sem a “mão mágica” da Cah Sanchez ainda. Ou seja, para nossa tristeza, vai demorar um pouquinho. Provavelmente para meados de 2019 devido a outros trabalhos do Lobo Loss. Enquanto ficamos no aguardo, mantenham-se no Caminho!

Quem sabe, se a Netflix liberar algum trailer ou teaser do seriado, a hype ajude a acelerar o processo…