Confira um pouco do livro novo da série Senhores da Guerra!

“Odin deu um olho por conhecimento, mas eu daria muito, muito mais.”
Ragnar Lothbrok, Série Vikings

A Editora Redbox nos trás mais uma obra de peso ao cenário nacional, dos autores Aquiles Fraga e Franz Andrade, a obra Senhores da Guerra-Vikings vem como um complemento ao suplemento homônimo lançado pela editora do autor Rodolfo Maximiniano e também Thordezilhas, se levarmos em conta suas regras de navegação. A Guilda dos Mestres chegou a entrevistar os autores e o diretor de arte durante o lançamento do livro, leia aqui.

Interessante como os livros da RBX se comunicam fazendo com que você deseje ler todos, uma estratégia interessante.

A obra possui 137 páginas de muita informação sobre a vida, cultura, história do povo no qual o título cita. Uma obra que pouco cita regras, pode ser
utilizada como guia para qualquer outro sistema ou jogo de RPG cujo a temática aborda. Este suplemento é uma ótima adesão a coleção não só pela sua utilidade em jogo, mas principalmente pela pesquisa e conteúdo apresentado com maestria

 

O capítulo I traz um resumo histórico, no qual o livro abordará em sua temática, que vai de 793 a 1066 D.C. deixando em destaque em quadros os líderes mais famosos ao longo do livro como Ragnar Lothbrok e Ivar Sem Ossos. Neste capítulo passa informações dos principais reinos e localidades do período aonde
os vikings habitaram e invadiram.

“Poder é sempre perigoso. Atrai o pior e corrompe o melhor. Nunca pedi por poder. Poder só é dado para aqueles que estão dispostos a abrir mão de si por ele.”
Ragnar Lothbrok, Série Vikings

O capítulo II vai mais a fundo e traz a tona os costumes, leis, tradições dos homens do norte, revelando uma pesquisa histórico sociológica profunda por parte dos autores e trazendo uma imersão enorme ao leitor e assim provavelmente a sua mesa de jogo. Neste capítulo apresenta como “raças” as principais
culturas vikings como suecos, noruegueses e dinamarqueses; idéias para nomes; Calendáro e sua relação com o cristianismo e islamismo. Destaco a incrível tabela para antecedentes com 1d100 idéias debackgrounds para personagens.





Apresenta também neste capítulo algumas novas especializações como o skald e o berserker e a belíssima regra para runas, que mais uma vez pode ser facilmente adaptável para qualquer sistema pela pouca necessidade de regras, sendo muito mais interpretativa, um sistema de advinhação/ magia simples prático e muito elegante. E mais uma regra dos pontos de Saga que estimula feitos heróicos e épicos entre os jogadores trazendo uma imersão histórica e folclórica incrível.

“Sinto-me preso, em toda essa felicidade.”
Floki, Série Vikings

O Capítulo III vem trazendo ganchos e idéias para aventuras e campanhas e algumas novas regras de navegação e embarcação, um ótimo complemento as regras já apresentadas em thordezilhas, com as dicas de aventuras pode-se aprofundar ainda mais as aventuras e tramas, fugindo do hack n slash típico e dando ares de vingança, guerra, intriga a mesa de jogo.

 





 

“Que Odin tenha piedade dos meus inimigos, porque eu não tenho!”
Ragnar Lothbrok, Série Vikings

O Capítulo IV vem abordar a guerra e o combate, com regras complementares as já apresentadas no primeiro livro da linha senhores da guerra. Apresentando regras para duelos, mutilações e cercos a fortificações. E por fim um glossário com termos vikings e apêndices com informações importantes do livro. Ah! sim! O Livro possui uma arte linda em preto e branco, mapas muito bons, a escrita lhe faz imergir na ambientação.

 

 

Mais fantasia!

Aqui talvez, a única crítica seja a falta de fantasia. Apesar da proposta da linha Senhores da Guerra é justamente o realismo, Old Dragon ainda é um jogo de fantasia e por isso senti falta de elementos de fantasia, uma espécie de licença poética em detrimento apenas da abordagem histórica. Enfim é um ótimo suplemento e deve ser adquirido mesmo se você não jogar Old Dragon. Prepare seu navio, afie seu machado e lute nas paredes de escudo para encontrar os deuses no Valhalla com Senhores da Guerra- Vikings!

“Perdoe-me, meu amigo, não pelo o que eu fiz. Mas pelo que estou prestes a fazer. ”
Ragnar LothBrok, Série Vikings