Confiram a capa de Companhias Mercenárias de Belmonte.

Depois de uma longa fase de caserna, eis que eu volto para falar mais sobre Companhias Mercenárias de Belmonte (CMB) . Na verdade não quero falar em si, mas mostrar. Sim! Hoje eu quero lhes mostrar a belezura que ficou a capa do livro.

Logotipo

Eu queria ter uma fonte bem irada pro jogo, mas como todo bom cliente que sou, não sabia bem o que queria. Eu falei de muitos elementos gráficos como bandeiras, flamulas, trombetas, elmos ou lanças além de letras capitulares e outras ideias. Foi ai que entrou o talento do artista Bebeto Daroz em sintetizar todo o brainstorm nessa belezura aqui!

 

Logotipo a altura de Belmonte

A arte da capa

Uma das principais referencias que tive para este jogo veio das aventuras do bárbaro cimério e isso se refletiria na capa, pois eu queria algo ao estilo de Espada Selvagem de Conan. Tanto nos traços e linhas fortes como nas cores.

No final eu acho que o Bebeto Daroz captou muito bem o espírito cosmopolita e militar de CMB, e não só isso, mas alcançou uma sinergia que acertou em cheio o meu lado leitor de HQ saudosista. Confiram a obra de arte desse ilustrador monstro!

 

Clique na imagem para melhorar a resolução

 

Militares de diversas etnias e culturas, flâmulas gravuras medievais, vários astros nos céus, armas de metais fantásticos e Feiticeiros não-tradicionais.

 

O produto final

Nem só de artes e logos se faz uma capa. Eu montei um texto e precisava diagramar tudo. Confesso que eu fiz alguns protótipos legais, mas o trabalho do Bebeto tava tao sensacional que eu me recusei a correr o risco de estragar tudo. E é aqui que eu invoquei o monstro paragon Dan “Maravilhoso” Ramos! Ele tornou a coisa menos bagunçada e com o seu toque profissional organizou a diagramação da capa.

 

Eis combinação da bela arte de Bebeto Daroz com a diagramação profissional de Dan Ramos.

A amostra de como deve ficar a capa e contra-capa do livro, com lombada, classificações de conteúdo e jabá da GDM!

Clique na imagem para melhorar a resolução

 

Próximos passos

Eu também estou ansioso pela publicação do livro e confesso que as coisas estão demorando um pouco além do que eu gostaria, mas já estamos com 75% do texto finalizado. Estou orçando gráficas, revisores e a edição, pois precisamos definir o que irá para o livro básico e o que irá para suplementos. Sim! Teremos suplementos, afinal eu quero um livro básico enxuto, mas tenho muita coisa doida que pode ser adicionado ou incrementado.

Quanto às artes já devo ter umas 100 para usar no projeto, mas isso é assunto para outro post. Depois eu mostro algumas destas artes, bem como a diagramação interna do livro.

Enfim é isso! Vamos que vamos mercenários!