A forma mais segura de se unir ao mundo é através da arte.

Hey amigos e amigas de todas as querências!
Eu sou o Demink, vulgo Castilho e hoje trago mais uma entrevista com um artista no nosso nicho RPGístico.
Com vocês, minha escultura de ébano, Felipe Faria. 

1) Fale um pouco sobre você e o seu trabalho.
Eu sou professor de inglês e nas minhas horas vagas faço comissions de artes relacionadas a rpg. Normalmente fico dentro de character design, onde o cliente descreve como ele quer o personagem e eu faço a arte, mas também faço ilustrações em geral. Meu foco são os desenhos em preto e branco, mas de vez em quando tenho a oportunidade de colori-los.

Gonan em uma de suas aventuras

2) Quais foram os principais artistas que influenciaram o seu trabalho? Foram tantos! Tenho influencia de artista de comics, como Frank Miller, Eduardo Risso, Roger Cruz e mais um monte que não consigo lembrar, mas também sofri influências de grande magakás como Kentaro Miura e Akira Toriyama.

3) Como começou a desenhar profissionalmente?
Eu sempre fiz ilustrações para projetos pessoais. Um dia, um membro da comunidade Old Dragon viu meu trabalho, e perguntou se eu fazia comissions. Ele pediu que eu fizesse seu personagem anão. Eu fui postando o progresso do desenho no Instagram, onde outras pessoas se interessaram, e o resto é história. Já faz um ano que tenho trabalhado com desenho desta forma.

4) Que dica você acha que faria a diferença na carreira dos novatos? Sabe aquele conselho que o seu eu de hoje daria ao seu eu do passado? Valorize o desenho tradicional, desenvolva os fundamentos e desenhe todo dia. Ah! Aprenda a não procrastinar!

5) Deixe seus contatos, portfólios e quaisquer agradecimentos
Meu trabalho pode ser visto no Instagram (@elmqz) e no meu ArtStation felipefaria.artstation.com. Se se interessar em algo, é só mandar uma mensagem!  Agradeço a todos os meus clientes e parceiros por essa oportunidade maravilhosa de eu poder trabalhar com o que eu amo!