“Na ausência da luz a escuridão prevalece.”

Lucifer Morningstar

Após refletir sobre os playtests que rolaram eu resolvi fazer algumas alterações no texto de O Senhor da Escuridao RPG. Vamos falar um pouco destas mudanças neste post.

Tabelas e RPG Solo

O povo pediu eu fiz! Além disso, o contato com a galera do grupo do facebook RPG Solo me inspirou a criar estas tabelas e também a possibilitar o OSdE como jogo solo. Em tempos de Quarentena vi a necessidade de me adaptar a realidade a minha volta e dar essa possibilidade ao leitor do jogo como forma de se divertir.

Conteúdos extras

Também resolvi inserir mais arquétipos e espécies para ampliar as opções de jogo. A inclusão de um cenário pronto para jogar auxilia no trabalho de criar cenário próprios e até arquétipos novos para o senhor da escuridão estão lá!

Regras imersivas

As regras de corrupção e presença do senhor da escuridão  deixam o jogo com clima mais sombrio. O jogo é mortal, sobreviver e resistir a corrupção é vital, apesar disto o jogo também é heróico, dando à esperança e a determinação o dever de prevalecer perante o mal que assola o mundo.

Referências

O jogo é permeado de elementos de jogos eletrônicos, anime e literatura fantástica. Eu inseri dicas para entrar no clima do jogo e para narrativa que vão do épico a comédia.

Zelda

Filosofia

Apesar de todas as formas que uma mesa de OSdE pode tomar, a filosofia do jogo está ali: Pessoas comuns devem salvar o dia; o mal existe e está disposto a tudo para destruir o mundo que conhecemos e enquanto sobrevivemos devemos não nos tornar aqueles que combatemos.

Senhor da Escuridão é um jogo sobre bem e mal definidos e sobre a necessidade de lutarmos mesmo quando não há sinal óbvio de esperança.

Ainda assim o clima old school de jornas, exploração de masmorras e busca por tesouros está lá, mas sem perder a filosofia no qual eu, como autor e filósofo pretendo passar ao leitor.

Abraços e que a Sombra os corrompa!

Bardo