Você pode substituir dados por cartas, por exemplo

O texto abaixo é da autoria do Profº Rodolfo Vieira Maximiano

Em diversos jogos de tabuleiro ou de narrativa precisaremos realizar sorteios numéricos para decidir coisas que estejam acontecendo no jogo. Por exemplo, para saber quem começa a jogar Banco Imobiliário pode-se rolar um dado, e quem obter o maior valor, começa.

Resultado de imagem para dice

Um belo dadinho

O dado básico tem 6 lados, e é chamado de d6 em contextos gamer (d de dado, 6 do número de faces). Ele é um cubo que você pode improvisar, se quiser, como descrito nesse manual aqui.

Imagem relacionada

“I’m your father, Luke!” – Platão, 2013

O dado de seis lados é uma das formas lindas do universo chamadas de sólidos
platônicos. Todo sólido platônico possui uma propriedade especial, que você pode descobrir na Wikipedia. Existem vários deles! Olha como são lindos.
sólidos.png
Evidentemente, as pessoas tiveram a ideia de usar estes sólidos para sorteios numéricos, pintando um número em cada face. O resultado final fica bem bonito!
Resultado de imagem para rpg dices
Agora temos maneiras de sortear números dos seguintes conjuntos:
d4 = {1, 2, 3, 4}
d6 = {1, 2, … , 6}
d8 = {1, 2, … , 6, 7, 8}
d10 = {1, 2, … , 10}
d12 = {1, 2, … , 10, 11, 12}
d20 = {1, 2, …, 20}

Como existem várias escolas em cidades que os sólidos de Platão são incomuns, mostraremos agora como montar seu conjunto de dados com apenas um baralho tradicional. O kit mais básico possui 54 cartas (4 naipes, 13 cartas por naipe).

Passo 1: Tire (K,Q,J) de seu baralho, eles não serão usados.
Passo 2: Separe a carta de cada número que precisa estar presente no sorteio. Ás (A) equivale ao número 1.
d4, d6, d8, d10 todos funcionam de maneira análoga:
Escolha 1 naipe. Separe as cartas daquele naipe e faça uma pilha. Sempre que um
número for sorteado, a pilha deve ser re-embaralhada. Por exemplo, para o d4,
escolho naipe de paus e separo {A, 2, 3, 4} daquele naipe.

d12, d20 possuem uma peculiaridade adicional
Escolha 1 naipe e separe as cartas {A, 2, … , 10} daquele naipe. Escolha outro naipe (atenção à cor do fundo das cartas, seria bom que fossem da mesma cor de fundo).
Este outro naipe irá representar a faixa de números {11, 12, …, 20}. A figura abaixo
ilustra alguns “dados” montados dessa maneira.
d12.png
Para uso em sala de aula, recomendo usar cartas ao invés de dados. Cartas de baralho são mais comuns, mais fáceis de carregar e guardar. Enquanto dados quicam na mesa, ficam perdidos embaixo da mochila, e causam o caos generalizado no universo, as cartas são objetos bem mais comportados. Bons jogos, e bons estudos.