Conheçam Davor, o Quebra-Cascos! Um novo inimigo feito pelas mãos do autor do Thordezilhas!

Salve homens do Mar, eu sou Luiz Claudio Gonçalves (UD1, Obscura e Thordezilhas) voltando a Guilda dos Mestres para cumprir a promessa da segunda parte do post Thordezilhas O Devorador de Navios, iniciado no conto “Pouco Passado e nenhum futuro” que você encontra aqui. Pedimos desculpas pela demora, estávamos muito enrolado com o lançamento de Thordezilhas Rum & Sangue. Aproveitamos para agradecer o apoio de todos que curtem nosso cenário piratesco.

Paz, Crescimento e Força! Oss!

Davor, o Quebra-Cascos

Não se apoquente não! Se achegue. Toma mais uma dose e tenha um dedo de prosa comigo antes de entrar neste navio. E num pensa que é lorota meu conto, não sinhô! Da minha boca num sai história de pescador. Sou cabra marujo e honro minha bandeira. Falo a verdade e Belzebu me queime os zoio se eu mentir!

O que se esconde naqueles mares é causa de morte. E só um menino viveu para contar seu conto. Jimmy era seu nome. Perdeu sua família toda assim, num piscar de zoio. O menino falou daquela olhota que emergiu por entre as águas feito um sol vermelho iluminando uma carnificina. A bocarra ficou ali, toda arreganhada, só esperando.

O menino sabia que ia morrer. Só que o bicho num comeu ele não.

E, tão assustador quando surgiu, se foi de fininho descendo as águas que nem navio a pique. Frio e medo devoraram o guri até finalmente se aperceber que o demônio saiu de reto. Estava a salvo – arruinado- mas a salvo.

Ali, abandonado pelo capeta e acolhido pela orfandade, o menino gritou de um medo que logo se transformou em rugido de ódio. Naquele dia se fez homem e jurou pelos cinco firmamentos que não sossegaria até destruir aquele bicho.

A vingança do capitão Jimmy já dura décadas e arrastou um monte de gente consigo. Por isso te falo, sinhô, não entre neste navio. Coisa boa num vai em sua proa. Nele, vosmecê não vai encontrar futuro.

Davor para Old Dragon

Colossal e Caótico Oceano
Encontros: 1
Prêmio 85% / covil 100% + 1d8 IM
XP 7.645
Movimento 6 metros/ N 16 metros
Moral 12
Força 27
Destreza 13
Constituição 19
Inteligência 12
Sabedoria 16
Carisma 16
CA 26
JP 7
RM 35%
DV 25 (225/ 300)
ATAQUE 2 tentáculos +6 (1d4+3)
1 mordida +5 ( 3d10+3)
1 disparo ocular +5 ( 2d10)
Ele surge como uma sombra pavorosa rastejando a face das águas, levando morte e destruição aos navios. O quebra-cascos! Pesadelo de todo navio. Quem sobreviveu para testemunhar sua ferocidade fala da aparência amorfa e enegrecida feito um escarro de tuberculoso. Tentáculos de escuridão nascem da pele feita de piche, assim como aqueles olhos nauseabundos e bocarra faminta por calamidades.

Habilidades Especiais

Imunidade: seu corpo gelatinoso é completamente imune a ataques físicos sendo afetado APENAS por magia e itens mágicos.

Incandescente: sua pele é feita por um tipo de piche altamente inflamável que incandesce ao menor contato com fogo, transformando o monstro em uma tocha viva se movendo a face da água. A criatura não é afetada pelo fogo que continua queimando sua pele sem lhe provocar qualquer dano.

Rastejar nas águas: o monstro consegue se locomover sobre as águas.

ECOLOGIA: os iluministas acreditam que o Davor é uma das nove bestas de Leviatã colocada naquela região para proteger uma ilha mística dotada de poderosos recursos místicos. Os hábitos do monstro atestam esta teoria, nunca se afasta muito do seu território e ataca furiosamente qualquer embarcação ou escaler que se aproxime. O quebra-casco destrói o navio e fulmina sua tripulação, mas por algum motivo poupa a vida dos marujos lançados em água.

Sinergias: tyburons e tubarões .

Davor para UD1

(Indefinido, 35)

Descritores: uma das nove bestas de belzebu, territorialista, ataca apenas navios e embarcações poupando marujos lançados ao mar.

Perícia: Atletismo 5; Animo 5; Combate Desarmado 4; Combate a Distância 3; Força 15 e Raciocínio 2.

Ataques: 2 Tentáculos: dano 10 (visual)
1 Mordidas: dano 15 (corporal).
1 Rajada ocular: dano 12 (visual/ chamas)

Poderes & Problemas
· Chamas: a rajada ocular do Davor põe fogo em substâncias combustíveis.
· Imunidade: afetado APENAS por magia e itens mágicos.
· Incandescente: sua pele incandesce quando em contato com o fogo, queimando sem gerar dano na criatura. Quem tiver contato com suas chamas sofrerá 3 de dano.
· Rastejar nas águas: o monstro consegue rastejar sobre as águas.

Vitalidade: 13 / 61 PV / Imunidade

Aguardem até a próxima aparição do Luiz por aqui!